Entenda tudo sobre o PROUNI

No Brasil, existem diversos programas que auxiliam o ingresso no ensino superior, principalmente estudantes de baixa renda que buscam a graduação. Um desses projetos é o Programa Universidade para Todos, PROUNI. Se você ainda não conhece esse benefício, confira abaixo tudo sobre ele!

O que é e quando foi criado

O Programa Universidade para Todos – PROUNI oferece bolsas de estudos de 50% e 100% para faculdades particulares, contemplando alunos de baixa renda e oferecendo vagas em instituições de ensino superior privadas.

O PROUNI foi criado em 2004 pelo Governo Federal e já completou 15 anos, já tendo oferecido aproximadamente seis milhões de vagas!

Como funciona o PROUNI?

O PROUNI abre as inscrições semestralmente, ou seja, duas vezes por ano. Ele atua em conjunto com o Exame Nacional de Ensino Médio, o ENEM – só tem direito ao programa quem fez a prova no ano anterior.

Após a inscrição, é feita uma pré-seleção dos candidatos a partir da média obtida no ENEM, e são escolhidas uma opção de curso prioritária e uma secundária. O programa realiza o cálculo da nota de corte baseado no número de vagas disponíveis e nas notas de todos os candidatos que escolheram determinado curso.

Todo o acompanhamento do processo e o resultado são disponibilizados na plataforma on-line.

Conheça um dos programas governamentais que ajudam a ingressar na faculdade (Reprodução/Guia do Estudante)

Quem pode participar?

Os critérios são, basicamente, socioeconômicos, por se tratar de um programa de auxílio à alunos de baixa renda. Confira os requisitos:

  • ser aluno de escola pública – ter estudado o ensino médio em escola pública, ou em escola particular, através de bolsa integral;
  • ter feito o ENEM – o candidato deve ter prestado o exame no ano anterior, ter tirado no mínimo 450 pontos e não ter zerado a redação;
  • ser professor de escola pública – professores também podem participar da seleção para ter uma especialização ou uma segunda graduação relacionada à sua área de atuação;
  • pessoas com deficiência – no momento da inscrição, basta apresentar os documentos que comprovem a deficiência.

As bolsas de 100% de isenção são disponibilizadas para pessoas com até 1,5 salário-mínimo percapita, e as de 50% para pessoas com até 3 salários-mínimos.

PROUNI e FIES

É possível do PROUNI com outros programas governamentais. O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior – FIES oferece a possibilidade de financiamento dos cursos de universidades privadas. Não é uma bolsa de estudos, uma vez que o aluno precisa devolver o dinheiro no final da graduação.

Candidatos do PROUNI que conseguiram 50% de bolsa podem participar do FIES e tentar o resto do auxílio. Essas parcerias são flexíveis e ajudam os estudantes que não conseguem a bolsa integralmente.

Diferença entre PROUNI e SISU

Ambos os programas utilizam a nota do ENEM, mas, diferente do PROUNI, o Sistema Unificado faz a seleção dos candidatos para universidades públicas federais e estaduais.

Existem diversas universidades que participam do programa de seleção do PROUNI, e mais de 30 cursos reconhecidos pelo MEC.

Os alunos contemplados com o PROUNI devem manter as melhores notas e obter, no mínimo, 75% de presença em todas as matérias. Para aqueles de menor renda, ainda existem os programas de permanência estudantil que fazer parceria com o Governo Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *